Blog

10 motivos para você comer mais proteína

09/08/2019

Os efeitos da gordura e dos carboidratos na saúde, às vezes, são controversos. No entanto, quase todos concordam em um ponto: proteína é importante!

A maioria das pessoas ingere proteína com o objetivo de prevenir possível deficiência, mas alguns indivíduos poderiam colher benefícios maiores, caso ingerirem elevadas quantidades proteicas.

Numerosos estudos sugerem que uma dieta rica em proteínas tem grandes vantagens para perda de peso e saúde metabólica. Então, hoje, estamos aqui com 10 razões para você comer mais proteína!

1. Reduz os níveis de apetite e fome

Os três macronutrientes – gorduras, carboidratos e proteínas – afetam o corpo de maneiras diferentes. Estudos mostram que a proteína é de longe a mais completa, porque ajuda na sensação de saciedade com menos quantidade de alimento. Isso acontece pelo fato de parte da proteína reduzir o nível de hormônio – grelina – que sinaliza a busca por algo para comer (a fome), assim como aumenta os níveis de peptídeo YY – hormônio que aponta sentimento de satisfação.

Esses efeitos no apetite podem ser poderosos. Em um estudo, o aumento da ingestão de proteínas de 15% a 30% das calorias fez com que as mulheres em sobrepeso consumissem 441 menos calorias por dia, sem restringir intencionalmente nada.

Se você precisa perder peso ou gordura da barriga, considere a substituição de alguns dos seus carboidratos e gorduras pela proteína. Pode ser mais simples do que você imagina, afinal, basta dispor menos quantidade de batata ou arroz e acrescentar algumas mordidas extras de frango, carne bovina, peixe, produtos lácteos ou até mesmo whey protein.

2. Aumenta a massa muscular e força

A proteína é o bloco de construção dos seus músculos, portanto, comer quantidades adequadas ajuda a manter a massa muscular e promove o crescimento muscular (caso você faça algum tipo de treinamento de força).

Se você está fisicamente ativo, levantando pesos ou tentando ganhar músculos, precisa ter certeza de que está recebendo proteína suficiente.

 

3. Bom para os ossos

Um mito que tem se tornado perpétuo é a ideia de que a proteína – principalmente a proteína animal – é ruim para os ossos.

A maioria dos estudos de longo prazo indica que a proteína, incluindo a animal, possui grandes benefícios para a saúde óssea e que as pessoas que consomem mais proteínas tendem a manter melhor a massa óssea à medida que envelhecem, reduzindo muito o risco de osteoporose e fraturas.

Isto é especialmente importante para as mulheres, que estão em alto risco de osteoporose após a menopausa. Assim sendo, comer muita proteína e permanecer ativo é uma boa maneira de evitar que isso aconteça.

4. Reduz as ânsias alimentares repentinas e o desejo de comer tarde da noite

Desejo por comida é diferente de fome normal.

Não é apenas o seu corpo que precisar de energia ou nutrientes, o seu cérebro também. No entanto, os desejos podem ser incrivelmente difíceis de controlar. A melhor maneira de superá-los pode ser impedir que eles ocorram em primeiro lugar.

Um dos melhores métodos de prevenção é aumentar sua ingestão de proteína. Estudo feito com homens detentores de excesso de peso, mostrou que o aumento de proteínas em 25% reduziu os desejos em 60%, o que os levaram a fazer lanche à noite. No estudo dado em adolescentes do sexo feminino com excesso de peso, demonstrou que tomar café da manhã com alto teor de proteína reduz os desejos noturnos e conferem busca por lanches.

5. Aumenta o metabolismo e aumenta a queima de gordura

Comer pode aumentar o seu metabolismo por um tempo curto. Isso porque o seu corpo usa calorias para digerir e usar os nutrientes dos alimentos, processo chamado de Efeito Térmico dos Alimentos (TEF).

Nesse sentido, nem todos os alimentos são iguais a esse respeito. De fato, a proteína tem efeito térmico elevado, se comparado a gordura ou ao carboidrato – de 20 a 35% contraposto por 5 a 15%.

A alta ingestão de proteínas tem demonstrado aumento significativo do metabolismo e superior número de calorias queimadas. Isso pode equivale de 80 a 100 calorias diárias.

De fato, algumas pesquisas sugerem que a queima ainda pode render mais. Em estudo, grupo de alta proteína queimou mais 260 calorias por dia, se confrontado com conjunto de baixa proteína. Isso é equivalente a uma hora de exercício de intensidade moderada por dia.

6. Reduz sua pressão arterial

A hipertensão arterial é uma das principais causas de ataques cardíacos, derrames e doença renal crônica.

Curiosamente, maior ingestão de proteína foi dado para reduzir a pressão arterial. Outro estudo descobriu que além de reduzir a pressão arterial, dieta rica em proteínas também reduz o LDL (mau colesterol) e os triglicérides.

7. Ajuda a manter a perda de peso

Como uma dieta rica em proteínas aumenta o metabolismo e leva a redução automática da ingestão de calorias e desejos alimentares, muitas pessoas que aumentam a ingestão de proteína tendem a perder peso quase instantaneamente.

Estudo descobriu que mulheres com excesso de peso, ingeriram 30% mais proteínas e perderam 11 quilos (5 kg) em 12 semanas – embora não tenham restringido intencionalmente a sua dieta.

A proteína também tem benefícios para a perda de gordura durante a restrição calórica intencional.

Em estudo de 12 meses, com 130 pessoas em excesso de peso e dieta dada a restrição calórica, perdeu 53% mais gordura corporal ao ingerirem mais proteínas. O grupo que manteve o consumo de proteína obteve o mesmo número de calorias.

Claro, perder peso é apenas o começo, mas manter a perda de peso é um desafio grande para a maioria das pessoas, e o aumento modesto na ingestão de proteínas foi considerado a razão da manutenção do peso. Em estudo feito, constatou que o aumento de proteínas de 15% para 18% reduziu o ganho de peso em 50%.

Desse modo, se você quiser evitar o excesso de peso, considere aumentar a sua ingestão protéica.

8. Não prejudica os rins saudáveis

Muitas pessoas acreditam erroneamente que a alta ingestão de proteínas prejudica os rins.

É verdade que restringir a ingestão de proteínas pode beneficiar pessoas com doença renal pré-existente? Deixemos bem claro que isso não deve ser tomado de ânimo leve, já que os problemas renais podem ser muito sérios.

9. Ajuda seu corpo a se auto-reparar após algum ferimento

Isso faz todo o sentido, pois as proteínas formam os principais blocos de construção dos tecidos e órgãos. Numerosos estudos demonstram que comer mais proteína após lesão pode ajudar na acelerada recuperação.

10. Ajuda você a permanecer em forma em todas as fases da vida

Uma das conseqüências do envelhecimento é que seus músculos enfraquecem gradualmente.

Os casos mais graves são referidos como sarcopenia – doença nos ossos relacionada à idade –, que é uma das principais causas de fragilidade, fraturas ósseas e redução da qualidade de vida entre os idosos.

Comer mais proteína também é uma das melhores maneiras de reduzir a deterioração muscular. Ficar fisicamente ativo também é crucial, e levantar pesos ou fazer algum tipo de exercício de resistência pode fazer maravilhas.

E se o assunto é proteína, pode contar com a Da Magrinha! Você já conhece a nossa linha de Cookies Proteicos? São Cookies 100% Integrais para você aproveitar do poder do Whey e do colágeno, a fim de dar aquele UP na sua energia! Conheça toda a nossa linha de produtos 100% Integrais, livres de transgênicos e sem adição de açúcar e/ou xarope de glicose! São gostosos, saudáveis e poderosos para a rotina. E se você quiser mais dicas saudáveis, é só seguir a gente no Instagram @damagrinha e ficar de olho nas publicações!






 

 

Últimas do blog

Card image cap
5 motivos porque os nutris amam a Da Magrinha

Para comemorar o dia desse profissional tão importante na conquista e manutençã...

Card image cap
Frutas da primavera

Primavera é uma das épocas do ano mais esperadas por todos! Dificilmente encontramos u...

Card image cap
O PODER DA CARNE DE SOJA

Você conhece o poder nutricional da soja? O grão é conhecido pelos vegetarianos...

Receba novidades

Da Magrinha

Tijucas - SC - Rua Bartolomeu Silva, 70 - Santa Luzia Tel/Fax: + 55 (48) 3641 3900
São Paulo - SP - Rua Dr. Mello Nogueira 105, sala 101 - Vila Baruel Tel/Fax: + 55 (11) 2387-8423
Rio de Janeiro - RJ
Argentina (Santa Izabel - Santa Fé)
Estados Unidos (Chicago)

SAC Da Magrinha
0800 643 1538
sac@damagrinha.com.br
Siga nas redes sociais
Linked In Facebook Instagram Youtube